Nos acompanhe através das redes socias

Boletim Informativo

Para manter-se atualizado, cadastre seu e-mail e receba os nossos informativos periódicos!

24 de Setembro de 2020

Clipping – G1 - Defensoria Pública de MG faz \'Mutirão Direito a Ter Pai 2020\'

Fonte: G1

A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) vai realizar o "Mutirão Direito a Ter Pai 2020" com o objetivo de minimizar prejuízos psicológicos e sociais daqueles que não foram reconhecidos.

niciativa está na 8ª edição e será durante o mês de outubro, em Belo Horizonte, e em mais 32 unidades da defensoria no interior do estado.

Já houve 50 mil atendimentos ao longo dos últimos anos, foram realizados mais de 9 mil exames de DNA e 2.652 reconhecimentos espontâneos.

Todo o serviço é gratuito e contempla exames de DNA e reconhecimento espontâneo de paternidade e também maternidade.

Devido à pandemia, o formato do evento foi adequado de forma a ser realizado com todos os cuidados sanitários de prevenção à Covid-19.

Inscrições remotas

As inscrições serão feitas exclusivamente de forma remota, pelos canais digitais da defensoria, no período até o dia 30 de setembro.

Ao se inscrever para fazer o exame, a pessoa que pretende ser reconhecida ou seu representante legal (no caso de menores de idade) deverá informar o nome, número de telefone e endereço do suposto pai.

Unidades e canais para inscrição

Pessoas interessadas em participar do mutirão e que moram em cidades da Região Metropolitana que não estejam na listagem (Contagem, Ibirité, Lagoa Santa e Ribeirão das Neves) podem se inscrever em Belo Horizonte. Para essas pessoas, o exame será agendado em BH.

Documentação necessária:

  • Certidão de nascimento daquele que pretende ser reconhecido, sem o nome do pai ou da mãe na certidão de nascimento;
  • Documento pessoal com foto;
  • Comprovante de endereço;
  • Documento pessoal do representante legal, no caso de requerente menor;
  • Nome, número de telefone e endereço do suposto pai.

Fonte: G1

Confira Também