Nos acompanhe através das redes socias

Boletim Informativo

Para manter-se atualizado, cadastre seu e-mail e receba os nossos informativos periódicos!

13 de Junho de 2019

CGJ/AL - CGJ realiza reunião preparatória para implantação do Selo Digital nos cartórios de AL

Fonte: CGJ/AL

A Corregedoria Geral da Justiça de Alagoas (CGJ/AL) promoveu um encontro com 196 representantes de cartórios extrajudiciais do Estado, nesta quarta-feira (12), na Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal), com o objetivo de apresentar as funcionalidades do Selo Digital, que será implantado nas unidades de Maceió ainda neste mês de junho e, em todo o Estado, até o final do ano. A ferramenta foi desenvolvida pela Diretoria Adjunta de Tecnologia da Informação (Diati), do Tribunal de Justiça de Alagoas.

Na oportunidade, o corregedor-geral da Justiça, desembargador Fernando Tourinho, destacou que a Corregedoria está aberta ao diálogo com os cartórios para o aperfeiçoamento da tecnologia. Ele agradeceu a presença de todos os representantes das serventias extrajudiciais e ratificou que os cartórios desenvolvem um trabalho de significativa importância para a sociedade.

“Nós já passamos para eles quais são as prioridades da nossa gestão, que é melhorar os serviços que nós estamos prestando. Diante da realidade do Estado de Alagoas, nós elegemos o Selo Digital, que a gente pretende implementar em todo o Estado até o final do ano, bem como o Código de Normas, onde vamos estabelecer as condutas dos vários segmentos do extrajudicial. Nossa proposta é também oferecer cursos para qualificar nossos servidores, para que a gente uniformize os procedimentos e atenda melhor a sociedade alagoana”.

O corregedor também falou da importância do código de normas do Extrajudicial em benefício da padronização dos procedimentos. “Não é um provimento pronto e acabado. O que for preciso mudar para aperfeiçoar os serviços será feito”, disse.

Segundo a juíza auxiliar da CGJ/AL, Lorena Sotto-Mayor, o encontro propiciou a apresentação de dúvidas e sugestões importantes para o aprimoramento do sistema.

“Foi feita uma demonstração sobre o sistema do Selo Digital. Nós estamos migrando do suporte papel para o suporte digital e é preciso que haja uma adequação para a utilização desse sistema. Essa foi uma reunião inicial, de sensibilização e demonstração, mas depois serão feitos treinamentos, à medida que as implementações forem concretizadas”, comentou a juíza.

Cleomadson Abreu, presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais de Alagoas (Arpen/AL) disse que a reunião foi positiva e de relevância social para a sociedade e para os cartórios, que terão como garantia a uniformização de serviços. “O Selo Digital vai dar mais segurança jurídica ao documento”.

De acordo com o servidor Wilson Felipe, da Diretoria Adjunta de Tecnologia da Informação (Diati), do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), a reunião vai estreitar laços com quem realmente vai utilizar o sistema. Ele explicou como os trabalhos serão desenvolvidos.

“Temos duas formas de comunicação. A primeira é para os cartórios que não têm sistema próprio, que é o Webcartório, desenvolvido pelo Tribunal, que formata o ato via internet. Para os cartórios que já têm sistema, a gente vai fornecer uma comunicação que a gente chama de Web Service. O sistema vai se conectar com a gente e vai formatar as informações no modelo único, conforme os atos dos textos judiciais”.

A apresentação do Selo Digital foi feita pelo servidor da Diati Jonathan Araújo. Antes da implantação definitiva da tecnologia, serão ofertados cursos aos representantes de cartórios. O encontro também contou a presença do presidente da Associação dos Notários e Registradores de Alagoas (Anoreg), Rainey Marinho.

Confira Também