Nos acompanhe através das redes socias

Boletim Informativo

Para manter-se atualizado, cadastre seu e-mail e receba os nossos informativos periódicos!

16 de Abril de 2020

Clipping – A Cidade On - Cartórios adequam atendimentos em época de Covid-19

Fonte: A Cidade On

Mesmo com a pandemia provocada pelo novo coronavírus (covid-19), os cartórios e tabelionatos continuam funcionando por prestarem serviços considerados essenciais e que precisam ter continuidade. No entanto, foram adotados procedimentos de segurança.

O 4º Tabelião de Notas de Ribeirão Preto, por exemplo, atendia diariamente até o início da pandemia cerca de 300 pessoas. Seguindo orientações, o local passou a atender em regime de plantão presencial, das 9 às 13 horas, para atos de reconhecimento de firmas e autenticações, limitando a entrada a, no máximo, três clientes por vez. 

As janelas internas do prédio estão permanentemente abertas durante todo o dia e as mesas de atendimento ganharam frascos de álcool. "É uma segurança a mais para todos", afirma Wendell Jones Fioravante Salomão, escrevente do 4º Tabelião de Notas, que assim como os demais funcionários recebeu também máscaras para proteção individual.

Os demais atos, como escrituras, procurações e testamentos, também estão sendo atendidos no regime de plantão especial. Nesses casos, porém, os usuários são orientados a agendar previamente e enviar todos os documentos necessários.

Além disso, para usuários mais suscetíveis aos riscos da doença, o atendimento pode ser realizado até mesmo nas residências. "Analisamos cada caso e, se for necessários, vamos até a casa e colhemos as assinaturas e demais procedimentos, tudo com a devida segurança para os dois lados", explica o tabelião substituto Neilo de Almeida.

"O momento de medidas de combate ao avanço da pandemia do novo coronavírus pede atenção e a compreensão de todos", ressalta o tabelião Dr. José Roberto de Almeida Guimarães. O tabelionato ainda colocou à disposição o telefone (16) 3977 2444 para que os usuários possam agendar atendimentos e tirar dúvida.


Fonte: A Cidade On

Confira Também