Nos acompanhe através das redes socias

Boletim Informativo

Para manter-se atualizado, cadastre seu e-mail e receba os nossos informativos periódicos!

16 de Abril de 2020

Clipping – Correio do Povo - Cartórios do RS já registraram 25 mortes suspeitas para Covid-19

Fonte: Correio do Povo

Até a noite dessa quarta-feira, o Rio Grande do Sul havia confirmado 19 mortes causadas pelo novo coronavírus em dez municípios gaúchos. Dados dos cartórios de registro civil até a noite de ontem, contudo, indicavam que pelo menos mais seis óbitos têm como “causa mortis” a Covid-19 no Estado, totalizando, portanto, 25 óbitos.

Desde o dia 29 de março, praticamente a cada dia há pelo menos uma nova morte cujo atestado de óbito possui a indicação de suspeita do novo coronavírus no Rio Grande do Sul. Neste período, apenas em dois dias, em 1º e 9 de abril, não houve registro diário semelhante.

Os atestados são assinados pelos médicos e encaminhados aos cartórios que posteriormente os enviam para a Central de Informações do Registro Civil.

Os prazos legais, contudo, variam de 24 horas até 15 dias, o que indica que pode haver um atraso nas informações divulgadas pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen/Brasil), entidade que tem reunido dados sobre as mortes suspeitas em todo o país a partir das informações dos cartórios.

Na última segunda-feira, data em que o governo do Estado não reportou nenhuma nova morte, os dados dos cartórios apontaram quatro novos óbitos registrados com a indicação de suspeita para a Covid-19 no Rio Grande do Sul. Foi o maior registro em um mesmo dia desde o início do acompanhamento, ainda em janeiro.

Em todo o país, já são 1.993 mortes suspeitas segundo os dados dos cartórios, contra as 1.736 já confirmadas pelo Ministério da Saúde. São Paulo, com 1.107 óbitos, e Rio de Janeiro, com 413, são os estados com mais mortes registradas como causadas pela Covid-19, sejam elas já confirmadas ou ainda em investigação.

A entidade também faz um levantamento sobre as estatísticas de registros de óbitos cuja causa foi apontada pelos profissionais de saúde como insuficiência respiratória e pneumonia, doenças relacionadas ao surto de Covid-19.

No Rio Grande do Sul, estes registros aumentaram cerca de 4% entre janeiro e abril deste ano, na comparação com igual período de 2019. No ano anterior, 2.974 pessoas haviam morrido com estas enfermidades no Estado. Em 2020, estes casos aumentaram para 3.095.


Fonte: Correio do Povo

Confira Também