Logo-Arpen-BR-Horizontal

Ouvidoria

Home / Comunicação

Notícias

Arpen/CE lança programa de Modernização do Registro Civil com parceria da Sebrae/CE

Com o objetivo de oferecer aos cartórios de Registro Civil de todo o Ceará a oportunidade de modernizar seus serviços, melhorar os processos e agilizar os atendimentos à população, a Arpen/Ceará (Associação Cearense dos Registradores de Pessoas Naturais) lançou neste sábado (12) o Programa de Modernização e Valorização do Registro Civil do Ceará. A iniciativa é uma parceria da associação cearense com o Sindicato dos Registradores Civis do Estado de Minas Gerais (Recivil) e o Sebrae-Ceará. A solenidade de apresentação do programa foi bastante prestigiada, reunindo imprensa, titulares e representantes de cartórios da capital e interior do Estado, no auditório do Sebrae/CE, em Fortaleza.

Na oportunidade, foi lançado o software CARTOSOFT, criado pelo núcleo de informática do Sindicato de Minas Gerais – desenvolvido pelos interventores do Recivil, Antônio Maximiliano Santos Lima e José Augusto Silveira, com o presidente da Arpen/Ceará, Jaime Araripe – e, por meio de cessão de uso, destinado a automatizar os cartórios de Registro Civil, com todas as rotinas de um cartório de Registro Civil e a parte de notas, como autenticação de cópias, abertura e reconhecimento de firmas e procurações, além de controle de caixa e conexão à Central Nacional do Registro Civil e à Receita Federal, para a emissão do CPF dos recém-nascidos.

A cerimônia de lançamento contou ainda com uma palestra do diretor do Núcleo de Tecnologia da Informação do Recivil, Jader Pedrosa. Os registradores civis do Ceará aprovaram a qualidade do software apresentado, que em nada fica a dever aos softwares comerciais hoje existentes no mercado, e aplaudiram, além da qualidade, o seu baixo custo. Atualmente, devido aos elevados preços cobrados por desenvolvedores privados de software (com valor mensal médio de R$ 800), entre 60% e 70% dos cerca de 400 cartórios de Registro Civil do Ceará não dispõem de sistema de automação, ainda estão na era da caneta. Já os valores praticados por essa nova parceria serão de R$ 115 mensais para os cartórios das sedes dos municípios cearenses e R$ 60 mensais para os cartórios dos distritos, já incluso o suporte pelo Núcleo de Informática do Recivil e, localmente, pela Diretoria de Novas Tecnologias da Arpen/Ceará.

“Será uma excelente oportunidade dos cartórios de pequeno e médio porte, especialmente os do interior, automatizarem seus serviços e entrarem definitivamente na era digital, o que irá conferir mais agilidade e confiabilidade nos serviços prestados, além de possibilitar a automação de mais da metade dos cartórios de Registro Civil do Ceará, ainda sem sistema”, destacou Jaime Alencar Araripe. “Novas palestras de apresentação e treinamento no uso estão sendo planejadas para cidades-polo do interior cearense”, reforçou o presidente da Arpen/Ceará.

O Convênio de Cooperação Técnica e Cessão de Uso de Sistema de Automação para o Registro Civil do chamado Sistema CARTOSOFT inclui a condição de aquisição do software por parte dos cartórios a preços extremamente acessíveis, incluindo no pacote o suporte de uso, por telefone e e-mail, a ser dado tanto pela Arpen/Ceará quanto pelo Recivil de Minas, e ainda treinamentos especiais descentralizados no interior do Estado, por um técnico da Arpen/Ceará treinado em Belo Horizonte na sede do Recivil. 

Parceria com o Sebrae para o treinamento de profissionais de cartórios

Em outro momento da solenidade no sábado (12) foi apresentado à sociedade e aos associados da Arpen/Ceará, pelo articulador do escritório Regional Fortaleza do Sebrae, Rafael de Castro Albuquerque, o Convênio celebrado entre a entidade e o Sebrae/Ceará, para treinamento de mão de obra no que diz respeito ao atendimento ao público, captação de clientela, organização interna dos cartórios e eventual prestação de outros serviços. Além do trabalho desenvolvido pelo Sebrae em sua sede em Fortaleza, a instituição utilizará também suas representações em vários municípios cearenses para disseminação do programa no interior.