Logo Arpen BR Horizontal

Ouvidoria

Home / Comunicação

Notícias

Cartórios Mato-Grossenses melhoram serviços e recebem certificação de qualidade

Buscar a melhoria contínua de serviço e atendimento em um cartório não é uma tarefa fácil. É preciso alterar rotinas, melhorar os processos, diminuir desperdícios e criar uma nova cultura, o que demanda tempo, força de vontade de toda equipe e dinheiro. E os cartórios mato-grossenses têm investido na gestão da qualidade, tanto que as serventias 1º Ofício de Poxoréu, 2º Ofício de Canarana e 1º Ofício de Lucas do Rio Verde receberam no mês de setembro a certificação NBR 15906.

A certificação estabelece os requisitos de sistema de gestão empresarial para demonstrar a capacidade dos serviços notariais e de registro de gerir seus processos com qualidade e eficiência.

Para a titular do 2º Ofício de Canarana e presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de Mato Grosso (Arpen/MT), Cristina Cruz Bergamaschi, essa certificação é o resultado de muito trabalho e dedicação iniciado em 2011.

“Desde a conquista do PQTA Ouro em 2011 vínhamos aperfeiçoando os requisitos necessários para a certificação, em 2013 a chegada do PIQMT trouxe ainda mais foco. E a NBR 15906 demonstra a nossa busca e dedicação para melhoria dos serviços de nota de registro de Mato Grosso. E isso envolve dedicação e melhora nos serviços prestados, no ambiente de trabalho, qualidade de vida dos colaboradores. Finalizamos agora uma etapa e que venham novos desafios e conquistas”, diz.
A titular do 1º Ofício de Poxoréu e presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado de Mato Grosso (Anoreg/MT), Maria Aparecida Bianchin Pacheco, complementa que não existe uma patamar de excelência, isso é algo que se busca, se trabalha todo dia.

“Temos sempre a preocupação de prestar um serviço eficiente e de qualidade, e a participação em programas de qualidade como o PIQMT e PQTA foram importantes para o desenvolvimento da nossa equipe e para o aperfeiçoamento dos requisitos da certificação. Estamos felizes com mais essa grande passo, e o próximo é tentar a ISO 9001”, conta.

A escrevente maior do 1º Ofício de Lucas do Rio Verde, Arlete Engelbrecht, também pontua que a certificação é uma consequência do bom trabalho realizado pela equipe, mas que não é o grande interesse.

“Certificações, premiações são bem vindas, mas o que nós buscamos a cada dia é a eficiência e bom atendimento a sociedade. E para nossa equipe foi uma conquista, todos de alguma forma contribuíram e se sentiram valorizados de fazer parte desse processo. Vamos continuar. Hoje estamos desenvolvendo junto ao Senai o Modelo de Excelência da Gestão, assim como um trabalho de consultoria com o Instituto Evolução Humana, tudo pela busca da excelência”, finaliza.

“Mato Grosso vem numa crescente, com cada vez mais cartórios investindo na gestão de qualidade, o que traz benefícios para o usuário interno e externo. E a certificação traz essa visão de empresa para os cartórios, que normalmente estão voltados para a área jurídica. E qualquer serventia com a implantação de uma gestão de qualidade pode melhorar processos e diminuir desperdícios, trazendo mais eficiência. Afinal o uso de ferramentas gerenciais permite avaliar constantemente as ações e promover melhorias em diversos aspectos, contribuindo, sobretudo para a melhoria dos serviços e para o aumento da satisfação dos clientes”, afirma diretor do IBQC, empresa responsável pela auditoria nas três serventias, Fabio Rosa.