Logo Arpen BR Horizontal

Ouvidoria

Home / Comunicação

Notícias

Casamento comunitário no TJ do Rio teve a participação de 115 casais

Com alegria e ansiedade, 115 casais puderam concretizar, nesta sexta-feira, dia 2, o sonho do casamento no auditório da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj). Foi mais uma iniciativa do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) dentro  do projeto Casamento Comunitário. Dessa vez, a ação contou com casais, em que, pelo menos, um dos cônjuges foi um policial militar. O  policial Aldo Ferreira da Rocha e Ana Gleice Oliveira da Silva  foi um dos pares que, aproveitou a parceria do TJRJ com a Polícia Militar, para selar o matrimônio.

O casal já vivia junto há 13 anos e, dessa união, nasceu a pequena Júlia Rocha, hoje  com  três anos. Aldo, ao lado da família, comentou o sentido do matrimônio: ”O casamento acrescenta ainda mais felicidade para a família. Fortalece o amor, a união. Os votos são para a  melhoria do nosso relacionamento, principalmente para a minha esposa, que entende isso como uma verdade instituição familiar”, disse.

O noivo ainda falou sobre a parceria do TJRJ com a Policia Militar (PM), e que isso ajuda muito os policiais. Para completar, afirmou que é a realização de um sonho o que viveu hoje.

”É excelente esse tipo de ação, pois ajuda muito a vida do policial, que já é tão sofrida. Esse evento beneficia  a nós, da PM, e principalmente a família, que é a base de tudo. É a realização de um sonho para nós. Estamos felizes pela parceria entre o Tribunal e a PM, pois sabemos que o custo de um casamento é alto. O casamento comunitário ajuda e estamos felizes por participar”.

Quatro magistrados auxiliaram nas audiências de oficialização da cerimônia: Os juízes Raquel de Oliveira, Florentina Ferreira Bruzzi Porto, Mônica Ribeiro Teixeira e André  Souza Britto presidiram a oficialização da cerimônia, realizada nas dependências do Serviço de Apoio a Projetos com Atuação Judicial (Sepaj), do Departamento de Instrução Processual (DEINP) e da Diretoria Geral de Apoio aos Órgãos Jurisdicionais (DGJUR).