Logo Arpen BR Horizontal

Ouvidoria

Home / Comunicação

Notícias

Clipping – G1 – Taxa de natalidade no RJ caiu quase 20% durante a pandemia

Segundo pesquisa, janeiro de 2020 teve a menor número de registros de nascimento, desde 2002. Incertezas causadas pela pandemia estão entre as causas para a cautela dos casais.

A expectativa de que a quarentena provocada pela pandemia causaria um crescimento expressivo de nascimentos não se confirmou. A taxa de natalidade no Brasil caiu 15% e no estado do Rio de Janeiro a redução foi ainda maior, caiu quase 20%, segundo a Associação Nacional dos Registrados de Pessoas Naturais do Brasil (Arpen-Brasil).

Segundo o presidente da Arpen-Brasil, Gustavo Renato Fiscarelli, a redução da taxa de natalidade no Rio de Janeiro é a menor desde 2002 – quando começou essa medição – para o mês de janeiro. 

Taxa de natalidade no RJ

Janeiro/2021 – 14.659 registros

Janeiro/2020 – 18.185 registros

Queda de 19,3%

O presidente da Arpen-Brasil aponta algumas causas para essa redução. \”Por conta de tudo que cercou a pandemia, das incertezas que cercaram a pandemia, das consequências mais danosas no seu pior momento, os casais optaram por adiar esse sonho da paternidade, da maternidade. E o reflexo disso foi justamente esse decréscimo aí substancial nessa taxa de natalidade que, até então, era estável\”, disse Fiscarelli.

Os dados do Rio de Janeiro foram obtidos a partir dos registros de nascimento realizados em 172 cartórios de registro civil do estado. De acordo com esses dados a média histórica estadual para o mês de janeiro desde 2002 era de -0,17% de nascimentos.