Home / Comunicação

Notícias

Home / Comunicação

Notícias

Clipping – Jnotícias – Cartórios de Guarapuava apontam aumento de 9,6% nos óbitos em casa em 2020

Mortes por Doenças Naturais foram as principais causas de mortes, seguidas pelos Infartos. Número de óbitos é 1,1% maior que no ano de 2019

A pandemia causada pelo novo coronavírus, que atingiu em cheio o Brasil e já causou a morte de mais de 210 mil pessoas, aumentou em 9,6% o número de óbitos em domicílio na cidade de Guarapuava na comparação entre os anos de 2019 e 2020. Os óbitos por doenças naturais cresceram 17,8% nas residências, sendo que aqueles causados por Infartos aumentaram 7,6%. Um morador morreu de COVID em domicílio.

Segundo os dados do Portal da Transparência https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio, plataforma administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), os óbitos registrados pelos Cartórios de Guarapuava em 2020 totalizaram 1.273, número 1,1% maior que os 1.259 falecimentos ocorridos em 2019.

O número de óbitos registrados em 2020 pode aumentar ainda mais, assim como a variação da média anual, uma vez que os prazos para registros chegam a prever um intervalo de até 15 dias entre o falecimento e o lançamento do registro no Portal da Transparência. Além disso, alguns estados brasileiros expandiram o prazo legal para registro de óbito em razão da situação de emergência causada pela COVID-19.

Já entre os óbitos causados por doenças cardíacas, muitas vezes relacionadas à COVID-19, os registros apontam maior crescimento de mortes por Causas Cardiovasculares Inespecíficas, que cresceu 18% entre os anos, sendo que o aumento dos óbitos em domicílio é uma das explicações para o diagnóstico inespecífico das mortes causadas por doenças do coração.

No estado do Paraná, as doenças respiratórias cresceram 24,6% no mesmo período comparativo. A Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) registrou aumento de 179%, e as Causas Indeterminadas, 12,9%. Em relação às doenças cardíacas, a comparação entre os dois anos mostra um crescimento de 1,6%, com a maior alta por Causas Cardiovasculares Inespecíficas, 16,9%.

Mortes em casa disparam no PR

Em nível estadual, os óbitos em domicílio cresceram 14,1% no mesmo período comparativo, aumentando em 183% as mortes por SRAG, 12,3% por Septicemia e 13,1% por Causas Indeterminadas. De acordo com os atestados médicos, 440 paranaenses morreram de COVID-19 em suas casas. No estado, os óbitos por Causas Cardíacas fora de hospitais tiveram alta de 16,9% em 2020, com aumento de Causas Cardiovasculares Inespecíficas (48,6%) e AVC (14,7%).

O receio das pessoas frequentarem hospitais ou mesmo realizarem tratamentos de rotina durante a pandemia, assim como a falta de leitos em momentos críticos da COVID-19 no Brasil, pode ser uma das razões que explicam o aumento de mortes em casa.


Deprecated: O arquivo Elementor\Scheme_Color está obsoleto desde a versão 2.8.0! Em vez disso, use Elementor\Core\Schemes\Color. in /home/arpenbrasil/public_html/wp-includes/functions.php on line 5569

Deprecated: O arquivo Elementor\Scheme_Typography está obsoleto desde a versão 2.8.0! Em vez disso, use Elementor\Core\Schemes\Typography. in /home/arpenbrasil/public_html/wp-includes/functions.php on line 5569