Logo Arpen BR Horizontal

Ouvidoria

Home / Comunicação

Notícias

Dia do Sim oficializa 487 uniões em edição especial de aniversário do Irpen-PR

No último dia 25 de junho, o Projeto Irpen na Comunidade realizou mais uma edição do Dia do Sim, dessa vez na cidade de Paranavaí. Na ocasião, cerca de 130 casais disseram sim em uma cerimônia ecumênica, com direito a orquestra ao vivo e com a presença de 1.200 pessoas.

Na abertura do evento, o Oficial do Registro Civil de Paranavaí e diretor do Instituto do Registro Civil das Pessoas Naturais do Paraná (Irpen-PR), Dante Ramos Júnior, ressaltou a relevância do casamento e da família para a sociedade. “Espero encontrar muitos de vocês, em breve, no cartório para registrar seus filhos, que serão verdadeiras bênçãos em suas vidas”, afirmou Dante.

Em seguida, o prefeito de Paranavaí, Rogério Lorenzetti, parabenizou os casais pela regularização de suas uniões e agradeceu ao Instituto pela ação realizada. “Tudo aquilo que você regulariza, coloca em ordem e documenta ajuda a melhorar a sociedade. Esse é o maior casamento que Paranavaí já teve notícia e só foi possível graças a essa parceria com o Irpen”, enalteceu o prefeito.

Para a noiva Maria Aparecida Lopes, o casamento é muito importante pois é a oficialização do amor, além da realização de um sonho. “Estamos nos unindo perante a justiça e a sociedade e depois iremos nos casar também na igreja. Estamos realizando um sonho que há muito estava em nossos planos, graças a essa iniciativa do Irpen,” comemorou Maria.

O presidente do Irpen-PR, Arion Toledo Cavalheiro Júnior, elogiou a participação do Judiciário da comarca de Paranavaí no evento. “É muito importante a população saber que o Judiciário está próximo, pois assim vocês podem auxiliá-los em seus direitos e cobrá-los com seus deveres”, explicou.  Arion também chamou atenção para o fato de que muitos dos casais que estavam oficializando a relação já morarem juntos há algum tempo. “Hoje é a confirmação de que vocês estão ao lado da pessoa amada. Não existe nada melhor do que receber o segundo sim da pessoa amada, pois o primeiro vocês deram no momento em que decidiram morar juntos”, finalizou.

Logo em seguida, o padre José Heraldo, sacerdote da Catedral Maria Mãe de Deus, abençoou todos os casais e destacou a importância de regularizar a união judicialmente. “O passo que vocês estão dando hoje, que é casar-se no civil, deve ser sempre o primeiro de todos os casais”, declarou. Allan Pires de Alencar, pastor evangélico, aconselhou os casais e disse que o amor é a base que mantêm um relacionamento. “O amor é um atributo divino e o compromisso de amar é o fator mais importante no matrimônio,” salientou.

 A juíza de Direito da comarca de Paranavaí, Eveline Soares dos Santos, agradeceu ao Instituto pelas ações realizadas na região. “Vocês estão dando um grande presente para a sociedade paranavaiense”, afirmou. Eveline também explicou que atualmente existem cerca de 90 tipos de núcleos familiares e que o Judiciário tem dificuldade em reconhecer todos. A juíza defendeu também o casamento civil como auxílio para identificar a constituição de uma família e justificou que a união estável não tem um estado civil próprio.

 O noivo Jorge Custódio da Cruz enalteceu a realização do Dia do Sim e ressaltou a importância dessas ações para a população carente do Estado. “Espero que esse projeto se estenda por todas as outras cidades do Paraná, pois muitas pessoas aproveitariam essa oportunidade para realizar o mesmo sonho que nós estamos realizando hoje”, declarou.

 

Maringá realiza casamento coletivo com 357 casais

Na manhã do último domingo (28.06), foi a vez da cidade de Maringá receber o Dia do Sim. Com direito a dama de honra, cobertura televisiva, declarações de amor e orquestra executando a marcha nupcial ao vivo, 357 casais disseram sim à regularização de seus casamentos. A cerimônia, que foi realizada em conjunto com os registros civis da cidade e idealizada pelas Oficialas Cíntia Maria Cheid e Maria Regina Pereira Boeira, contou com a presença de diversas autoridades municipais.

Cláudio Ferdinandi, prefeito em exercício de Maringá, declarou que esse foi um dos maiores atos de cidadania realizados no município. “Quero parabenizar aos dois cartórios que se dispuseram a estar aqui para organizar esses matrimônios, e também às organizações que estão à frente desse momento de importância ímpar da nossa cidade. Temos que dar ao nosso País o exemplo de cidadania e legalizar esses relacionamentos, pois a maioria já vive em convívio familiar e somente a união estável não é o suficiente”, afirmou.

 O presidente do Irpen-PR ressaltou a importância do compromisso que os casais estavam assumindo e desejou longevidade aos relacionamentos. “Que o relacionamento de vocês seja como a aliança que usamos: que saibamos que existiu um começo em sua formação, mas que não enxerguemos um final,” assegurou.

 As noivas Fabiana Mendes dos Santos e Josiane Aldeide dos Santos Mendes moram juntas há um ano e aproveitaram a oportunidade para oficializar seu relacionamento. “Fico muito feliz que a cidade de Maringá esteja recebendo esse projeto. Espero que a partir de agora, muitos casais homossexuais, como nós, assumam suas relações e não tenham vergonha de serem felizes. Hoje posso dizer que sou uma mulher feliz,” declarou Fabiana.