Logo Arpen BR Horizontal

Ouvidoria

Home / Comunicação

Notícias

Iniciativas em Lajeado levam doações e registro civil a atingidos pela enchente

Passado o pior momento da enchente em Lajeado, cidade-sede da Comarca no Vale do Taquari que abrange outros sete municípios, a Direção do Foro local mobilizou-se para amenizar as perdas dos atingidos pelo desastre climático.

 

Nas últimas semanas, instituições de ensino tiveram prioridade no recebimento de móveis doados pela Comarca, e ações ativas propiciaram a recuperação de documentos perdidos a pessoas colocadas em abrigos temporários.

 

Ao todo foram 299 materiais entregues – estantes, arquivos, mesas, armários – em escolas e creches em localidades como Cruzeiro do Sul e Marques de Souza, onde também foram contemplados o Conselho Tutelar e a Secretaria de Educação.

 

“São instituições que precisavam reiniciar logo as suas atividades”, diz a Juíza de Direito Débora Gerhardt de Marque. Ela explica que os móveis, em desuso no Foro depois da digitalização de processos, já estavam separados para doação, mas a necessidade emergencial definiu o destino. “No dia 15/5 já começamos a organizar com os municípios para ver os que mais precisavam e fizemos as doações priorizando a educação”, conta a magistrada.

 

Já pelas atividades do Recomeçar é Preciso!, foram realizados 813 atendimentos entre maio e junho, beneficiando moradores de cidades e localidades da Comarca lajeadense: Sério, Boa Vista do Fão, Santa Clara, Progresso, Marques de Souza, Lajeado e Cruzeiro. A iniciativa do Judiciário gaúcho oferece a segunda via a quem perdeu certidões de nascimento, casamento e óbito durante as cheias. O serviço é gratuito.

 

Fonte: TJRS