Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/arpenbrasil/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/arpenbrasil/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/arpenbrasil/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/arpenbrasil/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36
Irpen/PR recebe a visita do corregedor da Justiça do Paraná, desembargador Espedito Reis do Amaral - Arpen Brasil - Saiba Mais
Logo Arpen BR Horizontal

Ouvidoria

Home / Comunicação

Notícias

Irpen/PR recebe a visita do corregedor da Justiça do Paraná, desembargador Espedito Reis do Amaral


Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/arpenbrasil/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Encontro aconteceu na sede do Irpen/PR, na tarde desta quinta-feira (24)

 

O presidente do Instituto de Registro Civil das Pessoas Naturais do Estado do Paraná (Irpen/PR), Mateus Afonso Vido da Silva, e outros membros da diretoria receberam nesta quinta-feira (24/03) a visita do corregedor da Justiça do Paraná, desembargador Espedito Reis do Amaral, para um encontro cercado de discussões envolvendo os registradores civis, bem como a atividade extrajudicial.

 

A reunião aconteceu na sede do Irpen, em Curitiba, com os presentes tratando, principalmente, sobre a Central Nacional de Registro Civil (CRC), o Portal da Transparência, a CRC JUD, a plataforma e-Proclamas, o Sistema Nacional de Informações de Registro Civil (Sirc), além de abordarem sobre correição online, protocolo de retificação administrativa e o código de normas.

 

O presidente do Irpen/PR iniciou fazendo uma apresentação institucional sobre o Instituto, com explanações sobre as frentes de atuação e os trabalhos desenvolvidos a âmbito estadual, seminários que celebram os encontros dos registradores e que, de acordo com Mateus, vão voltar a acontecer pelo interior do estado, assim como outras pautas.

 

Durante a apresentação, foram ressaltados os focos principais de atuação, para conhecimento do magistrado. Outro ponto abordado também foram os ofícios da cidadania como priorização, reforçado pelo presidente do Irpen/PR, da atuação dos registradores civis no estado para com a população. “Todos os cartórios que fazem convênio para a adesão ao ofício da cidadania têm a possibilidade de fornecer os documentos para abrir portas, órgãos do governo visam a parceria afim de contar com a capilaridade dos cartórios”, explicou.

 

O desembargador, em validação às pautas discutidas, demonstrou compreensão, reforçando seu compromisso com os registradores civis. Ele também fez questionamentos sobre o uso da plataforma digital e-Proclamas, autorizada recentemente no estado. Segundo Espedito, essas são pautas de sua gestão, “a modernização, digitalização, e informatização é o ideal”. Sobre o e-Proclamas, o presidente do Irpen afirmou que a plataforma já está habilitada dentro da CRC, disponível aos registradores civis. Mateus afirma que isso tende a ser realidade e que irá melhorar o trabalho.

 

O vice-presidente da Arpen-Brasil, Luis Vendramin, apresentou as funcionalidades da CRC e outras plataformas digitais que corroboram com o trabalho e dia a dia na serventia para, segundo ele, auxiliar o registrador civil na prestação de serviços e suprir necessidades. “Os objetivos das plataformas são a qualidade e a eficiência, proporcionar um meio adequado para conseguir atender à população”, disse.

 

Vendramin também destacou o Portal da Transparência do Registro Civil, afirmando que “tem que dar qualidade para o registrador, pois todas as políticas públicas são dependentes dessas informações, que deram origem a maior fonte de dados de registro civil do Brasil”.

 

“Modernização faz parte da gestão do corregedor do foro extrajudicial”

 

Como forma de manter o diálogo aberto e a harmonia entre as relações, a juíza auxiliar da corregedoria, Luciane Bortoleto, afirmou que o objetivo é conhecer e também propor melhorias. A juíza mencionou, ainda, que faz parte de uma das diretrizes de trabalho da corregedoria fazer visitas a cartórios. “De forma mais organizada, descentralizações dos módulos, com migração para o digital”, disse.

 

“Nós queremos a mesma coisa, por isso é importante esta parceria”, afirmou Mateus.

 

Também estiveram presentes no encontro os membros da diretoria do Irpen/PR, Ricardo Augusto de Leão, vice-presidente; Dante Ramos Júnior, membro do conselho superior; e Rodrigo Camargo, tesoureiro; além de membros do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), Rodrigo de Alencar Alves, assessor do corregedor; Eduardo Bueno e José Roberto Ventorini, ambos assessores correicionais.

 

Fonte: Assessoria de comunicação – Irpen PR