Logo Arpen BR Horizontal

Ouvidoria

Home / Comunicação

Notícias

Irpen-PR reúne principais veículos de comunicação do Paraná para lançamento do CPF no registro civil

Curitiba (PR) – Em uma concorrida coletiva de imprensa realizada no hospital Evangélico, em Curitiba (PR) nesta segunda-feira (07.12), o Instituto de Registro Civil das Pessoas Naturais do Estado do Paraná (Irpen-PR) lançou oficialmente o serviço de emissão do Cadastro de Pessoa Física (CPF) nas certidões de recém-nascidos no Estado do Paraná.

O evento, que reuniu oito redes de televisão do Paraná, três jornais e cinco rádios, contou também com a presença da Receita Federal do Brasil, que destacou a importância do convênio com os registradores civis para a emissão do documento. Após a coletiva de imprensa, os veículos de comunicação puderam acompanhar a emissão da primeira certidão de nascimento com CPF no Estado do Paraná. 

Coube ao presidente do Irpen-PR, Arion Toledo Cavalheiro Júnior destacar o avanço do convênio em benefício do cidadão. “Facilita muito a vida do cidadão que não precisa mais se deslocar até um posto conveniado e nem pagar a taxa de R$ 7,00 pela emissão do documento”, disse Arion. “Os pais também poderão incluir seus filhos em planos de saúde, ter acesso a medicamentos fornecidos pelo Governo e aos benefícios sociais”, completou. 

“Além disso, a inclusão do CPF no registro de nascimento evita a ocorrência de fraudes, pois o documento será emitido juntamente com o primeiro documento do cidadão, o registro de nascimento, evitando que ocorram erros na transcrição dos dados do documento original”, disse o presidente do Irpen-PR, que esteve acompanhados dos diretores Cláudio Bley Carneiro, Ricardo Augusto de Leão e Elizabeth Vedovatto na cerimônia de lançamento. 

Outro ponto destacado pelo presidente do Irpen-PR é que o convênio dá início à uma nova vertente do serviço registral no Paraná. “Com esta parceria, aproximamos do registro civil os demais documentos do cidadão, como a carteira de identidade, que já está sendo trabalhada com o Governo do Estado”, disse. “Concentrar os documentos no registro civil evita fraudes, gastos desnecessários e facilita a vida do usuário”. 

Jackson Corbari, superintendente adjunto da Receita Federal do Brasil aprovou a iniciativa e vislumbra a possibilidade de sua ampliação. “Para o cidadão é uma facilidade enorme , pois contará com mais de 500 postos para a emissão do CPF, sem custo algum, e ainda com a facilidade dos postos avançados em maternidades”, disse. 

O projeto, lançado em Curitiba nesta segunda-feira (07.12), será expandido gradualmente para os demais cartórios paranaenses. Além de Curitiba, já estão emitindo CPF na certidão de nascimento os Cartórios de Francisco Beltrão, Maringá, Colombo, Arapongas, Agudos do Sul, Coronel Vivida, Diamante do Norte, Douradina, Guarapuava, Paranavaí, Quatro Pontes, Rosário do Ivaí e São José dos Pinhais.