Logo-Arpen-BR-Horizontal

Ouvidoria

Home / Comunicação

Notícias

MT – Cartório doa mudas e sementes a pais

Em setembro, os pais que procurarem as unidades do Serviço Notarial e Registral Xavier de Matos para fazer o registro de nascimento dos seus filhos receberão mudas ou sementes de plantas frutíferas (goiaba, acerola, amora, caju e tamarindo), por meio do projeto ‘Minha Árvore, Minha Vida’. Esta é a terceira edição da iniciativa, que já é tradição na capital mato-grossense em comemoração ao Dia da Árvore, celebrado em 21 de setembro. “A repercussão foi muito grande nos anos anteriores e recebemos muitas manifestações de apoio e de solidariedade pela nossa atitude. Nosso desejo maior é fazer com que Cuiabá, que no passado foi chamada de cidade verde, volte a ser aquela cidade verde conhecida dos velhos cuiabanos”, salientou o tabelião Antônio Xavier de Matos.

A distribuição de mudas e sementes começou no dia 14 e vai até o dia 30. A expectativa é de que aproximadamente 400 unidades sejam entregues às famílias gratuitamente, uma vez que o cartório registra, em média, 700 nascimentos por mês. As mudas são doadas na unidade do bairro Vista Alegre e as sementes nos postos dentro dos hospitais: Santa Helena, Santa Rosa, Femina, Hospital Geral Universitário e Hospital Universitário Júlio Müller. O técnico em informática Weslley Duarte Oliveira foi registrar a filha Valentina no Hospital Santa Helena e saiu de lá com sementes de tamarindo. “Esse trabalho é muito bom e nos incentiva a contribuir com o meio ambiente. Futuramente as árvores darão frutos e ajudarão na produção de oxigênio”, frisou.

Conforme a tabeliã substituta Eliza Santa, a proposta é incentivar a preservação do meio ambiente promovendo uma ligação entre a planta e a vida do bebê, por isso o projeto leva o nome de ‘Minha Árvore, Minha Vida’. “Escolhemos setembro por ser o início da primavera, um mês florido, e que tem o Dia da Árvore. Os pais que vierem ao cartório ou a um dos postos nos hospitais para registrarem seus filhos irão receber mudas e sementes. Queremos que eles façam o plantio e coloquem, de preferência, o mesmo nome do bebê na árvore. Depois podem nos enviar fotos e nos contar como está sendo o desenvolvimento das árvores e dos filhos”, salientou.  

Assim fez Mardei Douglas Mendes Nazareth, pai do Miguel Lorenzo, de um ano e 10 meses. O pastor participou da edição passada do projeto, recebeu uma muda de tamarindo e plantou na chácara do pai no estado de Goiás, a 745km de Cuiabá. “Fiquei surpreso na época porque fui fazer o registro de nascimento e me perguntaram se eu tinha interesse em participar, pegar uma muda, plantar e cuidar dela. E quando o Miguel crescer, contar para ele a história da plantinha. Escolhi um pé de tamarindo e hoje ele já está bem crescido, saudável. Em breve estaremos aproveitando os frutos dele”, contou.

 Segundo Mardei Nazareth, ele vai à chácara de duas a três vezes por ano e sempre que está lá ajuda a cuidar da planta. “Inclusive levo o Miguel para ver, conto como ele ganhou e digo que quando crescer ele vai passar a cuidar da planta. Atitudes como essa do cartório são importantes, pois vivemos uma fase difícil, de muita degradação da natureza. O homem não está dando a atenção devida ao meio ambiente e um projeto como esse desperta a consciência, auxilia no reflorestamento e melhora até o ar que respiramos”, considerou.