Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/arpenbrasil/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/arpenbrasil/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/arpenbrasil/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/arpenbrasil/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36
Rádio Uirapuru - Passo Fundo registra mais nascimentos do que óbitos no primeiro semestre de 2021 - Arpen Brasil - Saiba Mais
Logo Arpen BR Horizontal

Ouvidoria

Home / Comunicação

Notícias

Rádio Uirapuru – Passo Fundo registra mais nascimentos do que óbitos no primeiro semestre de 2021


Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/arpenbrasil/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Durante o primeiro semestre de 2021 o estado do Rio Grande do Sul registrou em dois meses mais mortes do que nascimentos. Nos meses de março e abril, o número de óbitos superou o de nascimentos. Em março deste ano foram 15.844 mortos por todas as causas, incluindo coronavírus, e 12.006 nascimentos no Rio Grande do Sul, o que resultou na redução de mais de 3,8 mil pessoas na população gaúcha. Em abril a tendência se repetiu, no entanto com menor diferença entre mortes e nascimentos. É preciso lembrar que os meses em questão foram dois piores da pandemia no Brasil, o que pode ter contribuído para os dados. 

 
Na contramão dos números estaduais, Passo Fundo teve mais nascimentos do que mortes em todos os seis primeiros meses de 2021. De acordo com informações do Cartório de Registro Civil de Pessoas, os meses que registraram o maior número de nascimentos em Passo Fundo foram fevereiro, com 305 e março, com 296 nascidos. Já os meses que contabilizaram maior registro de óbitos no primeiro semestre foram março com 244 e junho com 259 óbitos. Nenhum mês de 2021 teve registro maior de mortes em relação a nascidos no município. 

 
Desse modo, até o final do mês de junho foram registrados em Passo Fundo o nascimento de 1.676 pessoas e o óbito de 1.167. Uma diferença de 509 entre os dados. 
Em relação a covid-19, Passo Fundo registrou 374 mortes confirmadas em decorrência da doença e outras 21 mortes suspeitas de coronavírus. Desse modo, do total de 1.167 mortes, 395 foram em decorrência da covid-19 ou por suspeita da doença. 

 

Fonte: Rádio Uirapuru