Logo Arpen BR Horizontal

Ouvidoria

Home / Comunicação

Notícias

TJ/MT: Serventias de Cuiabá são correicionadas

As serventias extrajudiciais da comarca de Cuiabá estão sendo correicionadas ao longo desta semana, por determinação da Corregedoria-Geral da Justiça de Mato Grosso (CGJ-MT). As atividades são conduzidas pela juíza diretora do Fórum da Capital, Edleuza Zorgetti Monteiro da Silva, conforme a Portaria nº 19/2018-CGJ. Os cartórios do 1º ao 7º Ofício e do Coxipó da Ponte já foram inspecionados. Na sexta-feira (19 de abril), a equipe se desloca para a cidade de Acorizal (a 63km de Cuiabá) e para do Distrito da Guia.

A realização das correições atende a uma das 20 metas relativas aos serviços extrajudiciais estabelecidas pela Corregedoria Nacional de Justiça para 2018, e auxilia no cumprimento de outras. Conforme Edleuza Zorgetti, o trabalho consiste em uma inspeção para verificar a funcionalidade do cartório, a segurança predial, questões hidráulicas e elétricas. São avaliados livros, papéis, atos e tudo que se relacionar ao expediente das serventias. O objetivo é garantir a segurança de todos os arquivos.

“Em Cuiabá, todos os nossos cartórios são bem estruturados. Possuem todos os livros necessários, os atos são perfeitos, nós não temos nenhum problema,” afirma a magistrada. Para o tabelião do Cartório do 6° Ofício, José Pires, a iniciativa é um ato de transparência. “O Brasil precisa ser transparente e os cartórios não podem fugir dessa realidade, nós queremos que seja transparente. É uma ótima oportunidade para que as pessoas tomem conhecimento e vejam efetivamente o que fazemos”, disse.

As demais comarcas do polo – Várzea Grande, Santo Antônio de Leverger, Poconé e Chapada dos Guimarães – serão vistoriadas de 2 a 4 de maio. Cuiabá será a quinta região a ser correicionada este ano. O trabalho é executado por duas equipes, que atuam simultaneamente em sistema de rodízio (uma semana na capital e outra fazendo correição no interior), sob coordenação das juízas Edleuza Zorgetti e Adair Julieta da Silva.