Logo Arpen BR Horizontal

Ouvidoria

Home / Comunicação

Notícias

Último dia do Conarci 2022 é marcado por palestras de Miguel Falabella, Regina Navarro e homenagem ao Dia dos Professores

Em tom descontraído, as duas últimas palestras encerram com êxito o XXVIII Congresso Nacional de Registro Civil (Conarci 2022), organizado pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil) em parceria com a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen/SP), na manhã deste sábado (15), em São Paulo.

 

Após dois dias de grandes discussões acadêmicas com especialistas sobre temas que permeiam o registro civil, o ator, cineasta, escritor, apresentador, dublador, dramaturgo, roteirista e diretor Miguel Falabella foi responsável por abrir o último dia do evento.

 

Falabella apresentou, no painel “A arte como instrumento de inclusão e denúncia social”, sua receita para se reinventar e viver bem consigo mesmo na sociedade pós-pandemia de Covid-19. “Preciso falar sobre a necessidade de se reinventar, de entender o novo mundo. Então criei uma receita com ingredientes fundamentais para o nosso cotidiano”, enfatizou.

 

Para isso, o ator apontou ingredientes essenciais como inserir a poesia, organização, pertencimento e, principalmente, o amor. Enquanto argumentava, Miguel Falabella apresentava bastidores de sua carreira artística mantendo a veia humorística, resultando em grandes risadas dos registradores civis.

 

Em seguida, a psicanalista e escritora Regina Navarro Lins discutiu as novas formas de amar. Especialista e consultora em amor e sexo, a autora já publicou 14 obras apenas sobre as relações amorosas. Estudiosa sobre o tema há anos, Regina disse ter ido “mergulhando no assunto quando chegou em uma época de 5 mil anos atrás, em que não sabiam que o homem participava da procriação”.

 

Segundo Navarro, apenas a partir do entendimento da participação masculina no processo que a paternidade nasceu. “Pois antes era apenas a maternidade que valia.” A psicanalista expôs um longo caminho entre as relações amorosas na antiguidade até a modernidade. “O amor no casamento é uma coisa muito recente na história, as pessoas não se casavam pelo amor”, que, para Regina, transformou as relações matrimoniais.

 

 

Encerramento

 

Ao final da manhã, o presidente da Arpen-Brasil e Arpen/SP, Gustavo Fiscarelli, proferiu o discurso oficial de encerramento do Conarci 2022. Orgulhoso com o resultado das discussões, o representante agradeceu a todos os congressistas que participaram, presencialmente e remotamente, aos integrantes da diretoria da Arpen/SP, que foi a entidade apoiadora do evento, e a todas as Arpens estaduais.

 

“Desde o início a gente se propôs a questionar, pois não estamos em um momento de aceitação. É necessário se posicionar para avançar e acompanhar as mudanças. É importante questionar, discutir, aprender e estar sempre um passo à frente acolhendo a sociedade. Nós fazemos isso há 200 anos e é assim que a gente permanece e avança”, destacou o presidente.

 

Por fim, Fiscarelli homenageou os professores, profissionais tão essenciais para o desenvolvimento social brasileiro.